29 Nov 2020
Artigos

Os imóveis da THQ sempre irão ser leiloados

THQApós a tentativa de última hora falhada da editora falida, por causa de reclamações por falta de pagamento dos seus créditos, a THQ concorda em leiloar os seus bens individualmente aos seus concorrentes.

Várias fontes informam que a editora falida chegou a um acordo para leiloar as suas propriedades e bens fragmentados. Esta situação apareceu após o pedido da editora para falência ter sido retido por um juiz de falências dos EUA após reclamações dos credores da empresa.

Inicialmente, a THQ havia planeado vender a empresa para a Clearlake, uma empresa de capital de risco que a THQ tinha relações diretas com a elaboração da liquidação do pedido de falência. No entanto, não muito tempo depois da notícia do acordo ter sido feita pública, os credores começaram a reclamar que a empresa estava a tentar vender muito rapidamente, e que a THQ pode estar a forçar um acordo sem ouvir outras potenciais ofertas.

Juiz Mary F. Walrath aparentemente concordou, tentando segurar o negócio com a Clearlake enquanto organizava uma audiência hoje para determinar como deve proceder a falência da THQ. De acordo com o feed do twitter da Divida afligida de investimento (que esteve na audiência de hoje), que soa que um acordo que permite a licitação de outras editoras sobre as propriedades individuais da THQ foi alcançado, com um leilão agendado para 22 de Janeiro.

Quem poderá estar interessado nas propriedades acima mencionados? EA já foi vista a inspeccionar os bens potenciais, enquanto que a Warner Bros – que já teve a mão nuns negócios quando a Midway faliu – evidentemente demonstra também interesse.

Mas sempre podemos imaginar como seria se uma destas empresas adquirisse os títulos da THQ. Por exemplo, a EA adquirir os títulos de WWE, penso que não seria muito bom para o titulo em si, visto tendo já um historial com jogos de wrestling.

Related posts