13 Dez 2018
Switch

Análise – The World Ends With You – Final Remix

Um gratificante regresso a Tóquio.

The World Ends With You – Final Remix é um RPG de acção que teve uma grande recepção por parte do público e da crítica na altura do seu lançamento. Foi um enorme sucesso devido à sua excelente história, visuais arrebatadores (a versão da Nintendo DS continua fabulosa após 11 anos) e um combate inovador. É considerado um dos melhores jogos para a portátil da Nintendo e, como tal, assistimos aqui de mãos abertas à sua mais recente versão.

Esta é a terceira versão deste jogo, depois do lançamento original na Nintendo DS em 2007 e das versões mobile (2012 em iOS e 2014 para Android). Contudo, existem alguns problemas nesta versão para a Nintendo Switch que não favorecem a experiência do jogo, essencialmente nos controlos e na forma como controlamos os personagens.

Se for jogado com a consola na dock, os joy-con que servem de mira vão estar constantemente a fugir do nosso alcance e o combate torna-se bastante difícil. Contudo, se optarem por jogar em modo portátil, esta situação é algo controlada, mas não fica isenta de culpas.

Em modo portátil, nenhum dos botões da consola é usado e é tudo feito a partir do ecrã. Ou seja, os problemas de controlo de movimentos e ataques continuam difíceis de dominar e são algo imprecisos, que era o que já se verificava nas versões mobile.

É algo difícil contornar a ausência do Stylus e do segundo ecrã que a DS oferecia. Ainda assim, é de louvar o esforço que houve para colocar este excelente jogo na nova consola da Nintendo.

Esta versão é sem dúvida a melhor em termos visuais. Os gráficos são excelentes e os personagens nunca estiveram tão bem detalhados e vivos. Os combates tornam-se ainda mais espectaculares e sentimos uma maior proximidade com os personagens. Todo o ambiente da cidade de Tóquio transpira vida e cor, mantendo o traço original do jogo.

The World Ends With You – Final Remix ofereceu-me sentimentos mistos. Por um lado, é a versão mais bonita e inovadora, mantendo toda a energia do original. Por outro, os controlos estão piores e tornam o jogo mais frustrante em alguns momentos. Ainda assim, não deixa de ser um excelente RPG com uma história ímpar, quer estejam a presenciá-la pela primeira vez ou caso queiram experimentar a versão mais moderna do jogo.

The World Ends With You - Final Remix
8 / 10 Pontuação
Resumo
Uma excelente narrativa e visualmente fantástico. É pena ter alguns problemas de controlos incontornáveis que prejudicam este grande título.
Rating8

Também te pode interessar