06 Dez 2019
Switch

Análise – LAYTON’S MYSTERY JOURNEY™: Katrielle and the Millionaires’ Conspiracy – Deluxe Edition

Katrielle Layton regressa com cara lavada, desta vez na Nintendo Switch.

Lançado originalmente em 2017 para a Nintendo 3DS e dispositivos mobile, Layton’s Mystery Journey: Katrielle and the Millionaires’s Cospiracy marcou o inicio de uma nova era na série. O protagonismo passa para Katrielle, filha do famoso Professor Hershel Layton, que decide abrir a sua própria agência de detectives. Num ambiente bastante alegre para alguns dos temas abordados, temos que conduzir Katrielle pelas ruas de Londres, em busca de pistas para resolver os casos mais bizarros da cidade.

Ao contrário dos antecessores, estes pequenos casos que eventualmente vão culminar num caso de maiores dimensões, não são tão “de vida ou de morte” como os que o seu pai resolve, o que pode ser apelativo para outro tipo de público alvo. A história desenrola-se num ambiente de aventura Point-and-click, muito limitado pois apenas conseguimos cenários estáticos, e não conseguimos movimentar os personagens nos mesmos. Em cada ecrã podemos investigar tudo o que a lupa detecta como sendo uma potencial pista, que nos pode dar informações sobre o caso, diálogos sem sentido, moedas de pistas para os puzzles, coleccionáveis e até mesmo, puzzles exclusivos. A meio da história vamos encontrando puzzles que podem ser obrigatórios para concluir os casos, ou simplesmente extras para nos manterem ocupados. Alguns puzzles são geniais, que nos fazem ficar a pensar durante um bom bocado, e muitas vezes obrigam-nos a utilizar um papel e caneta para tirar notas, mas por outro lado existem quebra-cabeças que são demasiado presunçosos, e obrigam-nos a pensar demasiado fora da caixa. Confesso que muitos dos puzzles utilizei várias pistas, e mesmo assim tiveram que ser por tentativa e erro. Temos também os puzzles diários. Ao inicio temos desbloqueados um de cada, mas todos os dias vamos recebendo mais. Estes puzzles são puramente exercícios com um conjunto definido de regras, nada de quebra-cabeças “malucos” ou charadas.

Mas voltando à história em si, achei bastante interessante, apesar da abordagem acriançada. Os casos acabam por ser interessantes e algumas das soluções deixam-nos com alguma admiração. O trabalho vocal inglês está fantástico, e desta vez não me importei por não jogar no original japonês, pois dado o setting do jogo, os sotaques britânicos assentaram na perfeição.

Para além de montes de puzzles para desbloquear e objectos secretos para descobrir na história, podemos coleccionar fatos para Katrielle e para Sher (o “nosso” cão que fala, e que foi baptizado em honra a Sherlock Holmes). Alguns destes fatos são novos nesta versão, e outros estão incluídos no cartucho, ao contrário da versão original em que eram DLC’s. A nível gráfico, Layton’s Mystery Journey é um mimo, tanto em modo TV como em modo portátil, uma clara melhoria em relação à versão de 2017. Alguns dos puzzles também são novidades em relação ao original, mas infelizmente, a Level-5 não adicionou mais nada. Se jogaram o original, este não tem nada de novo vos faça fazer voltar a pegar nele, mas se é a primeira vez que o vão jogar, vão passar pelo menos umas boas 15 horas a desvendar mistérios e a olhar para a consola com uma expressão pensativa.

Layton’s Mystery: Katrielle and the Millionaires’ Conspiracy – Deluxe Edition é uma excelente porta de entrada para a série, apesar de por vezes, nos atirar para a frente puzzles que são demasiado confusos. Nos momentos em que isso não acontece, é um jogo que nos prende, não só para sabermos o que vai acontecer a seguir na história, mas também a boa quantidade de puzzles que temos à nossa disposição para resolver.

Layton's Mystery: Katrielle and the Millionaires' Conspiracy - Deluxe Edition
7 / 10 Pontuação
Resumo
Layton's Mystery: Katrielle and the Millionaires' Conspiracy - Deluxe Edition é uma excelente porta de entrada para a série, apesar de por vezes, nos atirar para a frente puzzles que são demasiado confusos. Nos momentos em que isso não acontece, é um jogo que nos prende, não só para sabermos o que vai acontecer a seguir na história, mas também a boa quantidade de puzzles que temos à nossa disposição para resolver, mas se jogaram a versão original, não vão encontrar aqui nada de novo.
Rating7

Related posts