31 Ago 2018
Artigos

Toda a informação sobre os próximos títulos da Nintendo

NintendoA ENE3 foi convidada pela Nintendo para ir experimentar os novos jogos que foram anunciados na E3 e que têm lançamento previsto ainda este ano.

Tivemos o prazer de ser convidados por Jorge Viera, representante da Nintendo Portugal, para irmos experimentar os jogos que foram anunciados hà menos de um mês no decorrer da E3.

[singlepic id=3625 w=610 h= float=center]

Para a 3DS tivemos oportunidade de jogar Zelda: A Link Between Worlds, Yoshi’s New Island e Mario & Luigi: Dream Team Bros. Zelda: A Link Between Worlds é uma sequela de Zelda: A Link to the Past para a clássica Super Nintendo. Usa mecânicas completamente novas, e um mundo nunca visto. As novas armas que funcionam através da funcionalidade de uma barra de magia auto-recarregável, e a fluidez dos controlos do jogo deixam os clássicos a corar.

[singlepic id=3624 w=610 h= float=center]

Yoshi’s New Island é tal e qual o clássico da Super Nintendo, com um novo ambiente, grafismo novo, contudo continua fiel ao antecessor. O Yoshi parece mais fácil de controlar, com alguns movimentos novos. E sim… o famoso choro do Baby Mario ainda está presente.

[singlepic id=3623 w=610 h= float=center]

Para finalizar os jogos da 3DS, temos  Mario & Luigi: Dream Team Bros. Este é o quarto capítulo na saga que começou no GBA, e tal como os seus ancesessores, funciona tal e qual um RPG japonês, mas com muito mais interação do jogador, onde o jogador controla o desviar dos ataques inimigos e dependendo do que faz pode afetar os ataques especiais. As personagens são sprites em 2D, mas o jogo funciona num mundo 3D, sendo este 100% o estilo de jogos do Mario, e a interação das personagens com o mundo é feita de maneira intuitiva e clara.

Zelda: A Link Between Worlds ainda não tem data certa, mas sabe-se que sairá no final de 2013, Mario & Luigi: Dream Team Bros. estará já nas lojas no dia 12 de Julho e Yoshi’s New Island apenas terá lançamento em 2014.

[singlepic id=3645 w=610 h= float=center]

Passando à consola caseira, na Wii U tivemos a oportunidade de jogar Donkey Kong Country Returns: Tropical Freeze, Bayonetta 2, Mario Kart 8, Super Mario 3D World, Pikmin 3, Wonderful 101, Sonic Lost World e Wii Party U. Entusiasmados com um novo jogo do Donkey Kong, fomos logo experimentar a sequela do jogo da WiiDonkey Kong Country Returns. E à primeira vista temos logo gráficos em alta definição, com cores arrebatadoras e um nível de detalhe impressionante, que mostram o poder HD da Wii U. Os controlos são os mesmos, mas os cenários são muito mais dinâmicos aumentando o ritmo e velocidade de acontecimentos jogo. A alta dificuldade do jogo é um ponto chave que certamente será um verdadeiro desafio para todos os fãs do original.

[singlepic id=3641 w=610 h= float=center]

Também tivemos oportunidade de jogar um dos exclusivos mais aguardados – Bayonetta 2, e podemos dizer que a Platinum fez um excelente trabalho, mantendo o estilo de jogo e os controlos iguais ao original, mas adicionando um ritmo frenético, mais inimigos no ecrã ao mesmo tempo, e animações mais fluidas. As novas heroínas têm um novo look, novos Torture Attacks e cenários com muito mais movimento. A demo que jogamos foi espectacular e deu para ter um pequeno exemplo da capacidade do jogo.

[singlepic id=3644 w=610 h= float=center]

Aceleramos o passo e fomos para Mario Kart 8, a nova entrada no mais famoso party game de corridas no mundo. Ficámos surpreendidos logo à partida por ser o Mario Kart mais diferente de todos, com controlos um pouco mais “pesados” que dão uma melhor sensação, e níveis maiores e mais abertos, com uma escala enorme. Uma das mecânicas novas que pudemos ver é a da gravidade, que provoca uma variedade das rotas ao longo de cada nível. Tudo isto com um grafismo HD lindo e um motor de luz que ultrapassa tudo o que alguma vez vimos.

Ficando ainda no ambiente do Mario, jogámos um pouco de Super Mario 3D World, sequela de Super Mario 3D Land para a 3DS. Não divergindo muito do original, traz umas quantas mudanças, tais como um modo multijogador e o novo “power-up” Cat Suit que permite trepar paredes como um gato, e dá um ataque frontal contra os inimigos. Os níveis e inimigos são constituídos por elementos dos jogos clássicos, com novas animações e estilo. Certamente uma escolha para os fans.

[singlepic id=3643 w=610 h= float=center]

Pikimin 3 também estava na apresentação, e é sem dúvida um jogo que irá agradar os que ficaram fans da série na GameCube e Wii. É uma sequela directa, que adapta os mesmos controlos da versão Wii, com opção para se jogar no comando Wii U. Tem um novo grafismo, bem como animações e inimigos novos. O grafismo é impressionante, e a nova variedade de Pikmin de pedra adiciona uma boa variedade ao jogo. Apenas uma missão estava disponível na demonstração, portanto, mais impressões sobre o jogo ficarão para o futuro.

Jogámos também ao Wonderful 101, o novo título da Platinum Games, e é sem dúvida algo de novo. Podemos encontrar claras referências a Viewtiful Joe, com uma jogabilidade que lembra Pikmin na capacidade de recolher cidadãos como heróis, dando ao jogo muita ação frenética com muitas personagens pequenas contra uma invasão alienígena. Com cores e luzes à mistura no seu estilo artístico, e uma grande variedade de combinações de combate, parece um dos títulos mais divertidos da consola. Um ponto interessante neste jogo é que dependendo do tipo de arma que queremos, temos de fazer um desenho no ecrã do gamepad da Wii U, combinando os controlos do ecran com os botões para jogar.

[singlepic id=3640 w=610 h= float=center]

Anteriormente rivais, a SEGA e Nintendo uniram-se pela primeira vez no desenvolvimento de um dos principais títulos da mascote azul, com o objectivo de nos darem algo que juntasse as melhores qualidades de ambas as companhia. E o resultado? Sonic Lost World, um Sonic ao estilo Nintendo, onde temos a atitude e velocidade do Sonic que sempre conhecemos, mas os níveis com mundos estranhos e plataformas flutuantes são o típico que a Nintendo nos tem vindo a apresentar nos ultimos tempos. Se tivesse de haver uma comparação, poderia-se dizer que era uma mistura de Sonic Colors com o Super Mario Galaxy, isto porque os níveis oferecem diferentes tipos de jogabilidade, novas habilidades como o Wall Running, e muitos caminhos a seguir. Ao inicio, estes controlos parecem complicados para quem não está habituado. Mas rapidamente se entra neste novo ritmo, à medida que admiramos um grafismo e artstyle clássico e diferente.

As datas de lançamento para estes jogos são:

  • Pikmin 3 – 26 Julho 2013
  • Wonderful 101 – 23 Agosto 2013
  • Wii Party U – Outubro 2013
  • Donkey Kong Country Returns: Tropical Freeze – Novembro 2013
  • Super Mario 3D World – Dezembro 2013
  • Sonic Lost World – Final de 2013
  • Mario Kart 8 – 1º Trimestre de 2014
  • Bayonetta 2 – 2014

[singlepic id=3639 w=610 h= float=center]

Também te pode interessar