09 Ago 2020
PS4

Mundo aberto de Ghost of Tsushima vai ter centenas de pontos de interesse

A Sucker Punch comentou hoje o mundo aberto de Ghost of Tsushima que terá quarenta biomas diferentes e centenas de pontos de interesse.

Para celebrar a proximidade do lançamento, a Sucker Punch revelou mais alguns detalhes sobre o processo de criação dos diferentes ambientes deste jogo de mundo aberto.

O mundo que os jogadores poderão começar a explorar a partir de dia 17 foi inspirado em Tsushima, uma ilha japonesa localizada entre o território principal do país e a Península Coreana. Joanna Wang, Environment Art Lead na Sucker Punch, revela que ao longo deste projeto “visitámos Tsushima em diversas ocasiões. Trata-se de um  lugar belíssimo, cheio de montanhas e florestas densas. O verde cobre quase tudo na ilha, desde o horizonte no topo das montanhas até ao oceano”. E acrescenta: “A recriação da ilha não é exata, é mais uma carta de amor a todas as suas partes”.

O estúdio usou elementos essenciais da ilha, misturados com algumas inspirações japonesas para criar o mundo único de Ghost of Tsushima. “Durante a nossa viagem, gravámos os pássaros e os sons da natureza e digitalizámos a flora da ilha de Tsushima para usar no jogo. Foi uma maneira de trazer um pouco da verdadeira Tsushima até aos jogadores”, continuou Joanna Wang.

A Art Lead na Sucker Punch acrescentou ainda que o mapa do jogo está dividido em três regiões, com mais de quarenta biomas diferentes e centenas de pontos de interesse. “Quando criamos um mundo aberto partimos sempre da premissa de que ‘se podemos vê-lo, podemos alcançá-lo’”.

O mundo de Ghost of Tsushima é um mundo autêntico, cheio de surpresas e onde a natureza é a chave do jogo, que possui uma mecânica única chamada Vento Guia, que ajuda a guiar os jogadores até ao seu destino através do vento.

Related posts