Um dia bem passado com direito a algumas surpresas.

Esta segunda-feira tivemos o prazer de estar no Showroom da Nintendo para experimentar alguns dos jogos que foram apresentados na E3 deste ano.

No Showroom, tivemos acesso tanto à Nintendo Switch como à nova Nintendo 2DS, que está com um visual melhorado e bastante bem concebido.

Mas vamos então ao que interessa: os jogos. Comecemos por aquele que foi o grande trunfo da Nintendo este ano e que deixou imensos fãs ansiosos.

Super Mario Odyssey

Com dois níveis disponíveis para experimentar, foi possível perceber algumas das novas mecânicas do jogo. Em primeiro lugar, todos os movimentos de Mario são extremamente fluídos e sentimos uma imensa sensação de liberdade enquanto percorríamos os níveis. Estes são “abertos”, no sentido em que apesar de existirem objectivos concretos para completar, podemos andar de forma livre pelo nível em busca de moedas e outros segredos.

Os níveis estão muito bem detalhados e sentimos que existe muita vida nos vários personagens espalhados pelo cenário. Enquanto que um dos níveis apresentava uma movimentada cidade cheia de veículos, incluindo uma mota que podíamos conduzir, o outro nível tinha um cenário mais desértico, apesar de conter também uma série de edifícios e de outros personagens. Apesar de ter sabido a pouco, estes dois níveis já deram para ver o sucesso que Mario Odyssey poderá alcançar. O jogo está num bom caminho para poder ser um dos títulos do ano e um dos melhores jogos da série Mario em 3D. Só têm de esperar até ao dia 27 de Outubro.

Fire Emblem: Warriors

Apesar de ter imediatamente percebido que o jogo iria apresentar uma mecânica já conhecida, o estilo Musou, famoso em séries como Dynasty Warriors, mas também aproveitado em jogos como One Piece: Pirate Warriors ou Hyrule Warriors (apercebi-me agora que têm todos “warriors” no título, que original), este novo Fire Emblem está com um óptimo aspecto e promete bastante.

Os personagens estão muito bem detalhados e os cenários contam com centenas de inimigos para “varrer”, como se pede num jogo deste estilo. À medida que vamos eliminado adversários, vamos aumentando de nível e os atributos da personagem aumentam automaticamente.

Do único nível disponível para jogar, podemos ainda perceber que é possível trocar de personagem dentro do campo de batalha e que existem várias habilidades especiais para cada personagem. O combate pareceu-nos muito bom, na medida em que existem diversos combos e que os efeitos visuais estão muito bem trabalhados. Ficámos com vontade de mais, o que é muito bom sinal. O lançamento do jogo está previsto para o Outono deste ano.

Pokkén Tournament DX

Com mais de 20 pokémons para escolher, este jogo de combate da famosa série Pokémon! também nos surpreendeu pela positiva. Não só cada um dos lutadores está muito bem recreado e com os seus próprios ataques de forma muito fiel, como o combate em si está “fácil de pegar, difícil de dominar”. Do pouco que experimentamos, pareceu-nos um excelente título para jogar com amigos. Resta-nos saber como o jogo irá incentivar o jogador que deseja ter uma experiência a solo, mas cá estaremos para saber quando o jogo for lançado no dia 22 de Setembro.

FIFA 18

Um título que não estávamos a espera de ver com tanto hype numa consola da Nintendo mas o facto é que este funciona muito bem na Switch. Podemos fazer uma partida, onde jogámos um Real Madrid vs Chelsea, e percebemos que o motor de jogo está bastante funcional e poder jogar em modo portátil é uma autêntica delícia. É claro que não tem o poder gráfico que as outra consolas podem explorar, mas acreditamos que muitos do adeptos do desporto rei optem por esta versão, dadas as suas valências em termos de portabilidade. Não sabemos se os modos de jogo serão idênticos mas no dia 29 de Setembro saberemos tudo.

Mario + Rabbids Kingdom Battle

Outra grande surpresa da E3, face à mistura de séries e ao próprio estilo de jogo. A verdade é que este título de estratégia que mistura Mario e os coelhos mais loucos do mundo dos videojogos, promete horas de divertimento. Apesar da sua simplicidade, o jogo pareceu-nos bastante bem construído. Só conseguimos jogar alguns minutos, mas ficamos com excelentes impressões. Chega ao mercado no dia 29 de Agosto.

Mario & Luigi: Superstar Saga + Bowser’s Minions

O primeiro título desta grande série está de volta numa versão melhorada para a 2DS e 3DS. Tivemos a oportunidade de experimentar o jogo na nova 2DS e como tal não vimos como o jogo se porta em 3D. A verdade é que são notáveis as melhorias gráficas e têm ainda um jogo bónus, o Bowser’s Minions, no qual controlam Captain Goomba e têm como companheiros vários vilões conhecidos desta série. O jogo estará disponível no dia 6 de Outubro deste ano.

Sonic Forces

De todos os jogos apresentado e que foram possíveis de experimentar, este foi aquele que menos nos chamou a atenção. Do nível que jogamos, pareceu bastante repetitivo e com falta de ideias novas. É verdade que o jogo só deverá chegar no Inverno deste ano, mas daquilo que vimos não nos pareceu ainda um jogo de Sonic à altura dos seus grande êxitos.

Xenoblade + Yoshi + Metroid

No final da manhã, tivemos a felicidade de ser presenteados com uma apresentação por parte de um representante da Nintendo Europa, que nos mostrou três títulos que não estavam disponíveis para jogar.

O primeiro foi Xenoblade Chronicles 2 e como fãs de RPGs, seria impossível não ficarmos impressionado com o que vimos. Apesar de ainda ser uma versão com uma série de falhas, foi possível verificar imensas melhorias a nível do combate. A forma como interagimos com as criaturas e o sistema de armas parecem dar uma nova vida à série. Claro que os elementos clássicos da série continuam presentes, como não poderia deixar de ser. Para jogar aquele que é apontado como um dos RPGs do ano, teremos de esperar até ao Inverno.

De seguida, foi nos mostrado um pouco do novo Yoshi para a Switch. Podemos ver um nível na sua totalidade e pareceu-nos manter a mesma estrutura e tipo de jogo apresentada pela série. A duplicidade de cenários foi a novidade mais sonante, principalmente se jogarmos com outra pessoa, bem como a possibilidade de usarmos os ovos com uma arma com mira, podendo assim direccioná-los para onde quisermos. Ainda não existe uma data concreta, apenas se sabe que só chegará em 2018.

E como o melhor fica sempre para o fim, podemos ver um nível de Metroid: Samus Returns, para a Nintendo 3DS. Trata-se da recriação do segundo título desta série, lançado em 1992 para o Game Boy, e que conta com uma série de melhorias. Desde uma nova habilidade para fazer counter nos ataques do inimigos ou podermos escolher onde apontar a mira da nossa arma de forma livre, este novo Metroid promete agradar todos os fãs da série, até porque foi pensado e recriado a pensar neles. Podem começar a contar os dias para 15 de Setembro, data do seu lançamento.