15 Ago 2018
Especial

Uma paixão no Horizonte

Horizon: Zero Dawn veio para marcar.

No Lisboa Games Week tivemos a oportunidade de experimentar o Horizon: Zero Dawn.

horizon-zero-dawn-screen-01-us-15jun15

Numa apresentação de quinze minutos fomos apresentados a Alloy, a personagem principal, assim como algumas das suas armas e o que podemos fazer com as mesmas. Pudemos ver a preparação que um jogador pode ou terá de fazer antes de uma missão. E ainda nos foi dado a oportunidade de jogar uma pequena parte que vimos na apresentação.

Relativamente a isto tudo, é muito difícil tirarmos uma conclusão bem fundamentada, pois com o pouco tempo que tinhamos, queriamos tentar explorar ao máximo as opções que tinhamos. No entanto podemos dizer que não é como os outros jogos de mundo aberto que o mercado nos dispõe.

horzion-zd-2

O primeiro grande elemento que reparamos foi no ecosistema que o mundo tem. Foi-nos dada a missão de domar um Broadhead (Uma espécie de bisonte mecânico), que estava rodeado de outras criaturas mecânicas. O jogo exigia que misturassemos um pouco de gameplay furtivo e tatico de modo a eliminar as outras ameaças e podermos avançar para o nosso alvo.

Podiamos criar armadilhas, atacar diretamente ou aproximarmo-nos furtivamente, levando a que cada opção que escolhessemos nos desse um resultado diferente.

Graficamente o jogo está espetacular, e a framerate parecia otima, o que me leva a crer que nos deram a experimentar o jogo já na PlayStation 4 Pro. Se não foi o caso, melhor ainda.

De pouco mais podemos falar do jogo, pois a apresentação foi mesmo breve, e o que pudemos experimentar foi ainda mais. No entanto creio que a PlayStation Portugal sabia o que estava a fazer, porque com uma pequena demo com o mesmo objetivo que Red Dead Redemption tinha para dominar um cavalo, que na sua essência era um mini jogo, eu consegui ficar com vontade de jogar mais apenas com cinco minutos de jogo.

horzion-zd-3

Não posso garantir que venha a sentir o mesmo ao longo do jogo todo, no entanto o facto de ser um jogo de mundo aberto, com uma enorme variedade de armas e maneiras de abordar as missões, leva-me a crer que Horizon: Zero Dawn vai fornecer ao jogador muita variedade na sua jogabilidade.

O jogo está previsto ser lançado a 1 de Março de 2017, exclusivamente para a PlayStation 4. Não percam no nosso site a entrevista a David Ford, Lead Quest Designer de Horizon: Zero Dawn, que será lançada nos próximos dias.

Podem ver aqui a apresentação que foi feita:

Também te pode interessar