A Bethesda leva uma das suas maiores marcas para o formato de jogo de cartas.

The Elder Scrolls sempre foi uma saga muito aclamada, mas só em Novembro de 2011 é que deu um salto gigantesco em popularidade e conseguiu conquistar o mundo com o seu quinto capítulo: Skyrim. Naturalmente a Bethesda quis manter o bichinho da série vivo até que seja lançado o próximo título, por isso já se aventuraram no mundo dos MMO‘s com The Elder Scrolls Online. Porém o tiro saiu pela culatra e o jogo não correspondeu às expectativas e depressa se tornou num dos maiores fracassos da empresa. O que inicialmente era um MMO com subscrição mensal, passou a ter servidores gratuitos, obrigado apenas o jogador a comprar o jogo. Agora a empresa volta a atacar novas vertentes com The Elder Scrolls: Legends, jogo de cartas digital utilizando personagens do vasto universo com o mesmo nome. Será que finalmente iremos ter um spin-off que merece a nossa atenção?

the elder scrolls legends (5)

Anunciado durante a conferencia da Bethesda na E3 do ano passado, o jogo passou-me completamente ao lado até ter ouvido falar dele dias antes do inicio do Beta. Inscrevi-me de imediato e semanas depois chegava à minha caixa de correio electrónico o tão aguardado convite. Ao iniciar o jogo deparei-me logo com um pequeno pormenor que demonstra a falta de cuidado com a apresentação do jogo: as legendas confundem-se com o vídeo. Algo que não é grave principalmente porque ainda estamos na fase beta, muita coisa será alterada e nada que um discreto contorno preto nas letras não resolva. Em seguida pediram-me para escolher um avatar para me representar. Aqui podemos escolher entre 10 classes diferentes, cada uma com 4 personagens e rapidamente somos atirados para o modo de história que servirá como tutorial.

the elder scrolls legends (2)

TES: Legends é um jogo de cartas bastante rápido e simples de aprender, em que o objectivo é com a ajuda de criaturas e feitiços, causar dano ao oponente e reduzir a sua saúde para 0. Quem já jogou outros TCG não terá dificuldades em entrar no jogo e caso um desses tenha sido Hearthstone, então garantidamente vão-se sentir em casa. Posso dizer que TES: Legends é 85% inspirado pelo rival da Blizzard. Menus, construção de baralhos, habilidades, arenas, desafios diários, praticamente tudo no jogo faz lembrar Hearthstone e a única coisa que consegue dar alguma identidade própria a este novato, são pouco mais de um par de mecânicas de jogo. A maior diferença está no uso de lanes. Tal como num MOBA, TES: Legends tem o “campo de batalha” divido, isto irá criar estratégias novas pois as criaturas só podem lutar entre si caso estejam presentas na mesma lane, porém as habilidade, sejam elas causar dano, aumentar atributos ou outro tipo de efeito, poderão ser activadas independentemente da lane em que se encontrem. Para fechar o assunto das lanes só me resta referir que cada uma tem a sua habilidade que causa um efeito diferente sobre as cartas. Por exemplo, um nevoeiro que faz com que as criaturas que tenham um turno até que consigam ser atacadas. Não sei se existem mais ou se serão adicionadas, mas até agora foi o único que encontrei.

“Tirando um ou outro ponto, The Elder Scrolls: Legends é essencialmente Hearthstone.”

Temos também um sistema de runas, que sempre que levemos dano suficiente, uma delas é destruídas e tiramos uma carta do topo do baralho. Se essa carta tiver a habilidade Prophecy, pode ser jogada automaticamente sem termos que pagar o custo dela. Fora isto, o jogo é um Hearthstone baseado no universo de Elder Scrolls. Mas existe algo que a Blizzard sempre fez melhor que ninguém e é bastante difícil de reproduzir: A apresentação. Apesar do menu de criação de baralhos parecer ser o de Hearthstone com uma skin, tudo o resto falha. Enquanto em Hearthstone o campo de batalha está cheio de vida e pequenos pormenores, aqui temos um fundo estático e só as cartas é que têm animações.

the elder scrolls legends (1)

The Elders Scrolls: Legends não está mau, pelo contrário, é um excelente jogo de cartas. Seja em jogos amigáveis contra outros jogadores ou em arenas, o jogo consegue ser sempre divertido, mas infelizmente é inevitável não comparar com Hearthstone devido às suas semelhanças óbvias, o que não é nada saudável pois a Blizzard já estabeleceu uma fasquia bastante alta bastante difícil de igualar. Certamente irei voltar ao jogo quando sair a versão final para ver os melhoramentos, mas de uma forma geral, acredito que apenas os jogadores que ainda achem piada levar com uma flecha no joelho é que abandonem Hearthstone para jogar The Elder Scrolls: Legends.

Opinião baseada na versão beta do jogo. Até ao seu lançamento, muita coisa será melhorada e possivelmente modificada.