01 Set 2018
PS3

MotorStorm – Apocalypse

Tens andado à procura daquele jogo que se passa a uma velocidade alucinante, bons gráficos, boa banda sonora, um online divertido e muitos destroços contra o ecrã? MotorStorm: Apocalypse chegou e com ele muitos prédios pelo ar. MotorStorm sempre foi um nome forte na sua consola de estimação, PS3
A mais recente entrega apresenta um cenário diferente das apostas anteriores e assume  assim um patamar superior.
A primeira sensação transmitida por MotorStorm: Apocalypse é de algum receio em que seja apenas mais um jogo e que não cause grande impacto no público em geral como causou a entrega anterior.Felizmente, MotorStorm: Apocalypse define um passo a seguir na saga. Consegue perfeitamente ir buscar o sucesso dos anteriores e implementar neste novo, é como se filtrassem o bom do mau e ainda ao mesmo tempo dessem ouvidos aos desejos dos fãs, há momentos que parecem mesmo homenagens autênticas.m1
Pela primeira vez foi incluído um modo história que apesar de não contar uma história que envolva muito o jogador consegue sempre quebrar aquela barreira de ser apenas corridas e mais corridas, nem que seja para termos uns segundos para o nosso coração acalmar da corrida. A história em si incide em três personagens sendo que cada uma delas define a dificuldade do jogo, obrigando assim o jogador a correr em todas as dificuldades se procuram atingir os 100% na história. Como se trata de um modo de história não podemos esco lher que veículo conduzir, somos sempre forçados a um designado veículo e ficamos com o primeiro objectivo de conseguir chegar ao final da corrida vivos e de preferência, nos primeiros lugares. A inteligência artificial do jogo não nos vai facilitar minimamente esse percurso.Nem todas as corridas do modo história são ao estilo clássico de apenas correr contra os adversários, algumas baseiam-se em desafios que nos são propostos. Sejam eles corridas um contra um ou até mesmo um modo de eliminação em que os concorrentes vão sendo eliminados um a um até restar apenas um condutor, o vencedor. O maior desafio será mesmo acabar em primeiro lugar em todas as corridas, apesar de ser o desafio principal não é assim tão fácil quanto isso de alcançar, a dificuldade no jogo chega a tornar-se bem competitiva.m1O outro ponto alto de MotorStorm: Apocalypse é claro…a destruição. É de facto a maior novidade do jogo. Um pouco ao estilo de Split/Second, a cidade destrói-se à nossa frente à medida que a atravessamos e sendo que a própria concorrência não nos deixa descansados na corrida, ficamos assim lotados de muita tensão na luta pelo prim eiro lugar e pela nossa sobrevivência. As destruições estão bem retratadas e desenrolam-se naturalmente de forma aleatória sem que se faça uma curva já a dizer: “Bem este prédio vai cair agora, posso sempre ir por este lado”, estejam sempre atentos a todas as possibilidades de perigo. A funcionalidade de slow-motion no desenrolar das destruições também está presente para nos inserir mais entusiasmadamente na acção, nem que seja pelo gozo de ver os nossos adversários a irem pelo ar. The City que é o nome do palco do jogo onde decorre todo o festival MotorStorm, foi e vacuada e prepara-se para complicar o nosso percurso o mais possível.MotorStorm: Apocalypse encontra-se bastante completo, sendo um jogo de corridas nunca esperamos um modo história muito competente, no entanto com algum humor sarcástico e umas lembranças do passado, a Evolution Studios conseguiu trazer aquela memória das entregas anteriores e ao mesmo tempo proporcionar uma história que não aborrece minimamente o espectador.m1
O modo online também recebeu finalmente a d evida homenagem. Com um sistema de perks incluído, um pouco ao estilo do que se usa na saga Call-of-Duty, cabe-nos durante as corridas atingir determinados objectivos para assim de sbloquear-mos novos perks para o nosso corredor. Ao todo temos 80 níveis para desbloquear, o que nos irá forçar a muitas corridas mesmo depois de terminar o modo carreira. Com estes perks desbloqueamos novos tipos de personalização para os nosso veículos bem como o nosso estilo de condução, ondas de choque à nossa volta, mais dano nos embates, turbos mais longos, etc. Como já foi dito, com estes perks, surge a tão esperada personalização dos veículos mais alongada. Não esperem só utilizar os clássicos autocolantes ou trocar a cor dos veículos, podemos mudar toda a estética do carro ao nosso gosto criando praticamente um novo carro, completamente desenhado à nossa imagem. Até na performance podemos fazer uns ajustes até o carro estar ao nosso gosto e estilo de condução.MotorStorm é uma entrega que finalmente dá o merecido destaque que a saga já tanto queria. Novos modos de jogo, personalização, um online competente, entre outras novas funcionalidades que só mesmo experimentando é que podem espelhar na cara aquele grande sorriso de satisfação por um MotorStorm ao gosto dos jogadores.[nggallery id=11]

Também te pode interessar