17 Abr 2019
PC e Mac

Sniper: Ghost Warrior 2

Sniper: Ghost Warrior 2 marca presença 3 anos depois do seu antecessor em 2010 com mais uma entrega do shooter táctico  onde a distância é a nossa amiga e a invisibilidade é o ponto fulcral para não ser morto. Este novo título traz melhorias em relação ao título original da série mas ainda não é o título pelo qual estávamos à espera.

[singlepic id=2726 w=328  float=left]Cole Anderson é a personagem que adquire as nossas skills de sniper, um consultor de segurança privada, que está no rasto de uma bio-arma roubada. Entre momentos acompanhado e sozinho teremos que percorrer vários caminhos entre selvas e cidades devastadas pela guerra, com a finalidade de limpar todas as áreas dos inimigos. Apesar de ser um sniper, também teremos que entrar algumas vezes directos no terreno e só depois é que teremos a hipótese de nos posicionar-mos em locais estratégicos a fim de levar a cabo a missão com sucesso.

Matar os nossos inimigos sem sermos notados é a regra de ouro, no entanto mesmo sendo descobertos, apesar de muitas vezes dificilmente nos safemos, poderemos sair vivos de situações mais próximas, mas para que isso não aconteça escondermo-nos em locais de florestação e andar sempre fora do alcança da visão dos nossos inimigos é fundamental, a visão deles encontra-se bastante sensível a ponto de mesmo longe não nos podemos arriscar a passar pela sua frente com o risco de sermos detectados, principalmente pelos snipers inimigos que nos podem dar uma valente dor de cabeça.

[singlepic id=2724 w=610 float=]

A mecânica da mira é interessante sendo o tiro afectado pelas condições do vento, mas não precisamos de ter uma grande noção disso mesmo porque teremos sempre uma ajuda do próprio jogo que faz de segundo parceiro indicando-nos sempre, com algum tempo de foco, qual o ponto exacto onde teremos que focar o nosso inimigo. A respiração também afecta o nosso tiro, mas melhoramos com a ajuda do suster de respiração com uma sensação de slow motion. A respiração também é o sistema utilizado para limitar a corrida do nosso personagem assim como as suas explorações por baixo de água.

Os inimigos reagem bem ao impacto com a bala, mas algumas das animações não estão assim tão agradáveis de se ver, como os assassinatos corpo a corpo, entre outro pequenos problemas de existentes no jogo como o carregamento de texturas e a quebra de frames constantes, principalmente quando o jogo se encontra a fazer algum save automático.

[singlepic id=2725 w=328 float=right]Enquanto estamos escondidos em algum ponto podemos ouvir diversos sons de fundo, um deles que mais fica marcado é o som de moscas à nossa volta, som das várias snipers que podemos experimentar também estão bem produzidos, mesmo tendo em conta que na maioria das vezes andamos com a arma com supressor de som. Toda a ação e momentos de tensão são bem acompanhadas com uma banda sonora do jogo.

Para além de existir uma pistola, esta pouco ou nada é necessária visto que quase tudo é possível fazer com a nossa sniper, visto que nos momentos de mais tensão onde somos descobertos, raramente conseguimos sair com vida devido à baixa resistência colocada na nossa vida e da intensificação de tiros que vêm em direcção a nós. Por outro lado temos as visões que são bastante eficazes em muitas das vezes, tanto a visão nocturna como a visão térmica.

[singlepic id=2723 w=610 float=]

O modo história dura cerca de 7 horas às quais apesar de estarmos na maioria das vezes sempre a fazer o mesmo tipo de acção, não deixa de ser divertido e o seu enredo é interessante, ao contrário do multiplayer do jogo que parece que foi apenas adicionado para dizerem que existe, pois não existe qualquer tipo de ranking, conteúdos para desbloquear para as armas e apenas contamos com dois mapas. Um modo que pode ser interessante mais ao mesmo tempo não nos dá qualquer tipo de incentivo para nos mantermos agarrado a ele.

No geral Sniper: Ghost Warrior 2 é um jogo interessante, mas peca muito pelos seus erros de mecânica, quebras de frame, demora no carregamento de texturas e no bastante fraco multiplayer que não vem adicionar completamente nada ao jogo. Tirando os aspectos negativos temos um título com um bom enredo e com pormenores bastante interessantes que nos levam a sentir que estamos na pele de um verdadeiro sniper. As expectativas sobre este título eram consideravelmente grandes mas deixa-nos ficar desiludidos com a falta de cuidados existentes nos erros que poderiam ter sido corrigidos com mais algum tempo de desenvolvimento.

Versão testada: Xbox 360

Também te pode interessar