27 Ago 2018
PS Vita

Análise – The Muppets Movie Adventures

Só para os grandes fãs de Marretas, a não ser que tenham crianças em casa ou umas horitas para matar.

The Muppets Movie Adventures (ou Os Marretas: Aventuras no Cinema em português) é um jogo desenvolvido pela empresa espanhola Virtual Toys e publicado pela Sony Computer Entertainment Europe em exclusivo para a PS Vita e para já, apenas com lançamento europeu.

[singlepic id=10701]

Neste jogo temos acesso a cinco níveis, cada um deles com o seu ambiente e Marreta jogável. Começamos com o Sapo Cocas num mundo pirata, passando para a Miss Piggy num mundo de fantasia, Gonzo num mundo de (vegetais) vampiros, Animal num mundo western e no final, novamente o Sapo Cocas em aventuras espaciais.
De certa forma, acaba por lembrar o clássico Spot Goes to Hollywood!

[singlepic id=10703]

Cada nível/Marreta tem ligeiras diferenças em termos de habilidades, mas a base é a mesma para todos. Embora sejam relativamente longos (com vários checkpoints), o jogo acaba por ser curto para jogadores mais experientes, sendo o único incentivo a repetir os níveis apanhar os colecionáveis todos, que apenas é possível fazer depois de acabar o nível pela primeira vez e desbloquear um gimmick arbitrário como double-jump ou simplesmente materializar plataformas.

[singlepic id=10710]

As personagens são bem implementadas nos níveis, mesmo quando são usadas simplesmente como detalhes, em cutscenes, ou até como bosses finais e os diálogos cómicos típicos dos Marretas estão bem presentes mas, infelizmente, acaba por ser um pouco triste ver personagens tão familiares usadas como meros cameos.

[singlepic id=10712]

É possível jogar todo o jogo em português de Portugal, com narração áudio a acompanhar e a sua qualidade é de louvar. Interessantemente, jogando em inglês, a narração está ao cargo de Cheryl Henson, uma das filhas do criador dos Marretas, Jim Henson.

[singlepic id=10719]

Em termos visuais o jogo é interessante e mais uma vez, o ecrã da PS Vita demonstra que até os modelos 3D mais simplistas conseguem ter um bom impacto visual (que as capturas de ecrã simplesmente não transmitem por completo) e a arte 2D é muito bem executada, como seria de esperar de uma franchise Disney. Em termos técnicos, o motor Unity foi bem aproveitado e as texturas mostram-se bem detalhadas para a PS Vita.

[singlepic id=10724]

Infelizmente o jogo acaba por pecar na sua simplicidade e por ser curto como já foi referido. Será o tipo de jogo ideal para crianças como indica o seu PEGI (idade recomendada de utilização) de 7 anos, mas para um adulto ou mesmo uma criança com mais alguma idade, poderá ser pouco mais do que uma distração por umas horas. Embora tenha o factor nostalgia devido às personagens clássicas, é pena a licença não ser aproveitada tão bem como poderia.

[singlepic id=10730]

[display_label style=success]Pontos Positivos[/display_label]

  • Gráficos agradáveis.
  • Boa adaptação para português.
  • Ideal para os mais novos.

[display_label style=negativo]Pontos Negativos[/display_label]

  • Duração do jogo (Cinco níveis que sabem a pouco).
  • Demasiado simples.
  • Pouco aproveitamento da licença d’ “Os Marretas”.

 
[youtube http://www.youtube.com/watch?v=QT0GpQCLd-o&w=560&h=315]
[nggallery id=1553]

Também te pode interessar