29 Nov 2020
PC e Mac

Análise – The Sims 4

Já podes pegar em The Sims 4 e tornar a tua vida de sonho em realidade virtual. Mas para isso vais ter que suar até chagar lá. O novo simulador de vida da Electronic Arts trás-nos novas experiências e melhorias na sua interação, mas será este um jogo que nos irá agarrar ao monitor, ou é “apenas” mais um título The Sims? Vamos revelar isso no decorrer da análise.

O primeiro grande aspeto de melhoria é o Modo Criar Sim, onde para além de notar-mos uma melhoria gráfica, também nos deparamos com uma melhor edição do nosso Sim, onde podemos controlar melhor as suas feições e formas do corpo, usando o rato diretamente nas zonas a editar. Neste campo a imaginação é o limite, e o desafio é criares um Sim igualzinho a ti. Em relação às roupas é igual ao seu antecessor, podemos escolher roupas adequadas a cada ocasião, o guarda roupa à disposição não é muito variado mas dá para criar vários Sims com estilos bem diferentes. Falando em estilos, cada Sim terá a sua personalidade, tanto a intelectual como a física. Em The Sims 4 podemos escolher a forma de andar do nosso personagem, assim como o tom da sua voz. Depois de criar-mos o nosso Sim ou a nossa família Sims, temos de escolher um bairro e uma casa para eles morarem. Podemos optar por uma casa já montada, ou escolher apenas um terreno e montar nós próprios uma casa, mas esta última apesar de mais divertida também é a mais dispendiosa e poderá não ser a escolha correta para iniciar o jogo, mas será um desafio. Vamos então para o desafio, construir uma casa é agora muito mais fácil, já temos espaços pré-construídos, caso não queiramos perder muito tempo na decoração, juntamente com a forma fácil de edição das paredes, com apenas um puxar ou empurrar de uma seta, aumentamos ou diminuímos o espaço em questão. Todos esses pormenores mais chatos e cansativos nos anteriores The Sims foram simplificados e poupam-nos tempo para passar ao que realmente interessa o controlar os nossos Sims e construir-lhes uma vida de sonho.

TheSims4

Não poderás falhar no teu retrato corporal, escolhe um
Iniciado a jogabilidade, apercebemo-nos que os controlos da câmara foram modificados, assim como o zoom da mesma também teve direito a melhorias, com um maior controlo sobre todo o cenário de jogo. O espaço de jogo também foi limpo, já não existem tantos menus concentrados no mesmo ponto, está tudo mais distribuído e limpo, o menu do nosso Sim está diferente e agora dá-nos a indicação do estado de espírito do mesmo, assim como as suas ideias sobre o que quer fazer, ou o que é que a estão a colocar no estado de espírito em que se encontra. Esta nova funcionalidade do seu estado de espírito é algo que foi muito bem adicionado ao jogo, pois trás novas características e conteúdo ao mesmo. Agora podemos também fazer no máximo três coisas ao mesmo tempo, podemos comer enquanto vemos televisão enquanto interagimos socialmente com outro Sim. Este pequeno pormenor ajuda bastante na manutenção positiva das emoções do nosso Sim, emoções essas que são cruciais para o desenvolvimento da carreira, pois sem uma boa moral não passamos ao próximo nível da nossa carreira.

TheSims4

Nem o pior defeito poderás falhar quando te estiveres a retratar. Não é assim tão perfeito mas percebeste.
Vamos começar com alguns dos pontos negativos deste jogo, e generalizando um pouco, houve um retrocesso a nível variedade de conteúdos, já não existem crianças, de bebés passam a adolescentes, não existem animais, e já não temos o famoso carro do trabalho que nos vem buscar, nem ninguém vem, simplesmente o nosso Sim desaparece à porta de casa quando vai trabalhar. São poucos pontos negativos? São, mas estes pouco fazem também com que a diversão de criar uma família e desenvolver o nosso Sim não seja tão gratificante como era anteriormente. Mas por sua vez vamos ganhando outros itens com a evolução do nosso Sim, o que já ajuda a amenizar um pouco as coisas. Mas este será um dos grandes problemas para os jogadores que passam do The Sims 3 para o The Sims 4, vão sentir falta de algumas das funcionalidades que existiam, e que agora só deverão existir novamente quando foram lançados as expansões para o The Sims 4. As mesmas ainda não foram anunciadas nem sequer faladas, mas o jogo fala por sim, e afirma-nos isso mesmo.

TheSims4

Construir uma casa nunca foi tão fácil, agora é só arrastar as divisórias
O nível gráfico do jogo subiu, sem dúvida, existindo mais detalhes nos Sims, com melhores feições do rosto e melhores animações corporais, juntamente com melhores texturas nos diversos objectos e cenários do jogo. A cidade agora tem vida própria, podemos ver vários Sims a interagir uns com os outros a passear e a correr, nos diversos espaços disponíveis do mapa. Isto facilita muito mais a nossa interação com os mais diversos Sims da comunidade onde nos inserimos. Esta irá ajudar-nos assim a conseguir mais amigos para subir na carreira. O som também foi uma característica em que se focaram, pois deram-nos a possibilidade de escolher o tipo de voz mais personalizável, os sons de cada ação e objectos é mais adequada ao local da câmara, deixando também um destaque para os sons de aviso, que nos indicam sempre a forma como cada um dos nossos Sims está a reagir à ação que está a desempenhar.

Como é normal na série The Sims, o tempo que teremos que despender para explorar tudo, conhecer tudo, e conseguir ser um Sim bem sucedido é muito. E teremos sempre para dar uma lufada de ar fresco ao jogo, as novas expansões que vão saindo a conta gotas, e que vão completando a experiência deste quarto título da série The Sims.
Todas estas experiências podem agora ser partilhadas de uma forma dinâmica com os vários jogadores de The Sims, ao partilhares a tua casa e Sims favoritos. Mas não será isto que fará os fãs de The Sims jogar este The Sims 4, mas sim tudo o resto que foi dito em cima.

TheSims4

Como tudo pode ficar bonito visto por fora, o pior é por dentro
Resumindo, The Sims 4 é um bom jogo, é divertido e continua com o seu natural charme, mas em The Sims 4 era de esperar uma maior quantidade de funções, conteúdos que já estivessem disponíveis em The Sims 3, e isso não acontece. Para os jogadores que vieram do The Sims 3, a nova experiência em The Sims 4 é apenas visual e funcional, de resto tudo se mantêm e até irão sentir falta de vários conteúdos. Mas para quem irá jogar The Sims 4 pela primeira vez, este é um jogo fantástico, dá uma grande sensação de controlo e jogabilidade, com os seus novos menus, e está feito para qualquer jogador se ambientar bem ao jogo, ao contrário dos anteriores que já se encontravam demasiado complexos nos seus diversos menus. Por isso temos aqui duas visões sobre o jogo, os que esperam fazer um update ao The Sims 3 e os que irão jogar The Sims 4. Acredito que a experiência será boa para os dois mas será muito melhor para quem irá jogar o jogo pela primeira vez, ou que não tenha jogado o The Sims 3. Contudo ficamos à espera das expansões, para melhorar ainda mais a experiência do The Sims 4.

Pontos Positivos:

+ Grafismo

+ Menus simples

+ Modo editor

Pontos Negativos:

– Pouca variedade

Related posts