25 Ago 2018
Switch

Análise – Sushi Striker: The Way of Sushido

Batalhas de Sushi nas “portáteis” da Nintendo.

Gostam de puzzles? E de sushi? Se responderam afirmativamente às duas perguntas, então Sushi Striker é para vocês.

Desenvolvido pela indieszero em conjunto com a Nintendo, Sushi Striker: The Way of Sushido  é um jogo que mistura vários conceitos, e o que salta mais à vista é o de puzzles mobile que por sua vez são baseados em Bejeweled.

Para começar a explicar em que consiste Sushi Striker , tenho que começar por falar na história do jogo para dar mais contexto a estas loucas batalha.

O jogo tem como cenário um mundo em conflito, conflito esse provocado por sushi que consequentemente foi banido. O protagonista é Musashi (rapaz ou rapariga, fica ao vosso critério), que vive numa aldeia repleta de crianças esfomeadas. Numa das suas saídas em busca de alimentos, Musashi acaba por encontrar um estranho que lhe apresenta sushi. A partir daqui Musashi embarca numa jornada com o objectivo de derrotar o império e fazer com que o sushi chegue a toda a gente. Para isso, terá de lutar contra dezenas de aliados do império em intensas batalhas de sushi.

Estas batalha consistem em comer o sushi de um buffet que aparece do nada, e atirar os patos vazios contra o adversário. Temos que fazer combos, comendo em cadeia o sushi de pratos da mesma cor para aumentar o dano causado. Mas não estamos sozinhos, pois temos espiritos de sushi que nos ajudam com habilidades únicas desde curar, causar dano extra e outros tipos de regalias. Estes espiritos podem ser evoluídos e colecionados, tal como Pokémons. O nosso personagem também vai evoluindo e pode ser equipado com diversos itens por nos facilitar a tarefa. A história do jogo é contada através de sequências em anime e falas ao estilo de visual novels. Não é um história que nos prenda, mas é engraçada e ajuda a dar contexto ao Jogo. Podemos também combater contra amigos seja na mesma consola ou online, a partir de uma certa altura do jogo.

O Jogo está desenhado para ser Jogado com o ecrã tátil, arrastando os pratos da mesma cor, e movimentos específicos para as habilidades dos espíritos, mas sinceramente prefiro jogar com controlos clássicos, e nunca me senti prejudicado com isso. A progressão no jogo é tal e qual os jogos mobile, (não tem microtransações) onde percorremos o mapa com os diferentes níveis e com vários objectivos em cada um deles, o que nos dá motivação para os repetimos. Existem também alguns “achievements” dentro do jogo que nos permitem fazer subir de rank.

Sushi Striker: The Way of Sushido
8 / 10 Pontuação
Resumo
Sushi Striker é um jogo super divertido, fácil de pegar e cheio de cor. É um jogo ideal para quem gosta de jogos de puzzles que não nos obriguem a pensar muito e com partidas rápidas, o que é perfeito para jogar em curtas pausas.
Rating8

Também te pode interessar