Upfall estúdios à conquista das consolas da Nintendo.

Meses depois de o ter analisado a versão PC, cá estou eu de novo, completamente viciado em Quest of Dungeons e não tenho vergonha nenhuma de o admitir.

quest-of-dungeons-nintendo-3A épica demanda da Upfall Studios chegou às consolas da Nintendo. É um port directo do original, por isso não esperem por grandes alterações. Continua a ser uma aventura num ambiente Roguelike, ou seja, se morrermos perdemos todo o progresso de jogo e acção decorre por turnos. O objectivo é percorrer os 7 pisos de uma masmorra para derrotar o vilão e restaurar a luz. Não liguem à história pois apenas nos é dada uma pequena introdução para que exista uma razão de estarmos naquela masmorra.

quest-of-dungeons-nintendo-4

O grafismo é muito ao estilo da era 16 bits e não podia estar com melhor aspecto na Nintendo. Apesar de na Wii U ser um jogo bastante bonito e correr a 60fps, devo dizer que prefiro o visual da versão 3DS, pois é daqueles jogos que fica bastante agradável quando comprimido para um ecrã de uma portátil. A apresentação geral do jogo continua boa, se esquecermos a falta de animações nos personagens, algo que já vinha das plataformas anteriores e que muito sinceramente, acho que já faz parte da mística de Quest of Dungeons e é algo que não me incomoda muito. As consolas da Nintendo têm dois ecrãs e o jogo consegue usar isso de forma genial. Tanto o ecrã de baixo como o gamepad da Wii U funcionam com mapa e também nos permite gerir o nosso inventário. Algo que me queixei na versão PC foi aqui corrigida, a forma como seleccionamos a habilidade activa. Agora esse processo é bem mais prático, carregando apenas no R e automaticamente aparece uma lista com todas as habilidades aprendidas.

quest-of-dungeons-nintendo-1

Não me canso de elogiar a versão 3DS, pois na minha opinião, Quest of Dungeons é um jogo que se encaixa perfeitamente no conceito portátil e mais uma vez, o jogo consegue utilizar outra funcionalidade da consola bastante bem: o Street Pass. Cada vez que morremos, é automaticamente criado um fantasma desse personagem e enviado para outros jogadores que encontremos por Street Pass. Ao chegar às consolas de outros utilizadores, esse fantasma irá na masmorra desse jogador, na mesma zona onde morreu originalmente e poderá ser morto (de novo) e passar o loot que tinha na hora da morte para esse jogador.quest-of-dungeons-nintendo-2

Quest of Dungeons na Nintendo continua a ser o mesmo jogo, por isso podem contar com frases engraçadas, jogabilidade viciante, diferentes classes e dezenas de horas de jogo, pois as masmorras são geradas de forma aleatória, e nunca serão iguais. O jogo conta com todo o conteúdo que veio através de actualizações, incluindo a 5ª personagem, Necrodancer, que só será desbloqueada quando terminarmos o jogo uma primeira vez. Volto a recomendar este jogo não só por ser Português, mas por ser bastante viciante. Prefiro de longe a versão 3DS, mas o jogo está em cross buy por isso podem usufruir das duas versões sem custos adicionais.