28 Mar 2020
Análises

Análise – Pokémon Sun & Moon

Alola traz ventos de mudança à série.

Estamos no ano em que a série Pokémon celebra 20 anos. Para assinalar esse marco, a companhia decidiu lançar versões 3DS dos títulos originais, consolas alusivas e a moda que andou nos telefones de todos, o Pokémon Go. Mas o prato principal chegou em Novembro com os títulos que dão inicio à 7ª geração de Pokémon: Sun & Moon.

pkm-sun-moon-1

Durante meses andamos a levar com a promessa de que o jogo seria diferente, o que de facto é verdade. Pokémon Sun & Moon foge um pouco ao modelo criado em finais dos anos 90, onde tínhamos que percorrer toda uma região, derrotando ginásios e no final a tão desejada liga, onde se encontrava a Elite Four. Em Alola o conceito é diferente e em vez de ginásios temos trials. Esses trials são desafios espalhados pelas 4 ilhas do arquipélago, que vão desde tirar fotografias, descobrir diferenças e encontrar Pokémons escondidos. No final de cada um temos que lutar contra o Totem Pokémon, que é como Pokémon mais forte que funciona como boss. Após completar todos os trials da ilha vamos ter que derrotar o Kahuna e aí sim, numa batalha de Pokémons à antiga. Outra novidade do jogo são as Z-moves, ataques especiais que só podem ser usados uma vez por batalha. Para os conseguirmos utilizar teremos que completar o trial correspondente ao seu tipo. Por exemplo, ao derrotar o trial de fogo, seremos presenteados o item que irá fazer com que um Pokémon que consiga usar habilidades desse tipo, use a Z-move correspondente.

pkm-sun-moon-4

Alola é uma região muito diferente, onde o povo é muito unido e isso reflecte-se nos Pokémons. Mesmo os selvagens estão constantemente a pedir ajuda de outros da mesma espécie. Mas também ajudam os humanos, pois isso é que em vez de HM‘s, temos montadas. Ao longo da jornada será nos dado acesso a vários Pokémons que para além de nos ajudarem a deslocar mais rápido, também conseguem abrir caminho. Por exemplo, o Tauros consegue partir pedra, o Lapras andar em cima de água, o Charizard voar, etc… Acabando com a necessidade de ocupar uma slot de habilidade com Cut,Surf ou Fly. Infelizmente as montadas são nos dadas quase automaticamente, sem que tenhamos de andar à procura delas. Ainda se lembram de como se obtinha o Surf no Red & Blue? Mas não é só aqui que o jogo no facilita a vida, por exemplo,os nossos companheiros de batalha lembram-se de encontros anteriores com determinado tipo de Pokémon e no ecrã de baixo vai aparecer, junto à habilidade, o quão efectivo será contra o oponente. O sentimento de entre ajuda é tão forte em Alola que até os nossos rivais nos curam os Pokémons. Já não se fazem rivais como antigamente.

pkm-sun-moon-3

Existe também o Pokémon Refresh que funciona um pouco como o Pokémon Amie de X & Y, só que refinado e com maior utilidade. Aqui podemos escovar, limpar e curar o nosso Pokémon e como pode ser acedido mal acabe a batalha, é bastante útil para curar maus status como Poison e Sleep. O Pokédex também vem equipado com uma máquina fotográfica, o Poké Finder, mas só podemos tirar fotos em lugares específicos, fazendo um mini-jogo onde o objectivo é tirar a foto merecedora de mais “Likes“. Para finalizar os novos mini-jogos, só falta referir o Poké Pelago. Os Pokémons que estão no PC não vivem enclausurados em Pokébolas mas sim num pequeno arquipélago onde treinam, relaxam, participam em caças ao tesouro e até cultivam berries. É um mini-jogo bastante interessante, que nos abriga a ir à consola de x em x tempo para recolher recursos e melhorar as “instalações”. Por vezes podem aparecer Pokémons selvagens que se gostarem do ambiente, juntam-se a nós.

Alola também é casa de 80 novos Pokémons e devido ao seu clima, muitos outros de gerações passadas têm novas formas e atributos. Pessoalmente gosto da maioria deles, mas caso prefiram as formas originais terão de os arranjar de outras regiões. Por exemplo, uma Vulpix capturada em Alola é de gelo, mas se tiverem uma que venha de Kalos ou Hoenn, ela será a clássica de fogo.

pkm-sun-moon-2

Parece que estamos cada vez mais perto daquele título de Pokémon em 3D andamos a pedir desde que saiu Pokémon Stadium na Nintendo 64. X & Y já tinham dado um largo passo a nível gráfico, mas em Sun & Moon isso foi aperfeiçoado. Desta vez os personagens humanos estão com uma escala real, abandonando por completo as aquele aspecto chibi. Todo o mundo é envolvente e cheio de detalhes e a música ajuda a criar ambiente. A banda sonora é como sempre um ponto bastante forte e existem melodias para todas os lugares e ocasiões, indo daquele estilo de música havaiano durante a exploração, até ao tema mais pesado em zonas onde a história está a atingir o climax, porque sim, desta vez está-nos a ser contada uma história que vale a pena e que tenta ir por caminhos que a série nunca antes se atreveu a entrar. Até as cutscenes se mostram mais trabalhadas e neste ponto, apenas me posso queixar do facto do nosso personagem ter sempre o mesmo sorriso macabro no rosto durante todo o jogo, enquanto o resto dos personagens conseguem ser bastante expressivos. E apesar de ser um dos pontos positivos, é ao mesmo tempo um dos pontos negativos, pois demora bastante tempo até começar a desenvolver. Pokémon Sun & Moon tem o começo mais demorado de toda a série, e só ao fim de um par de horas é que se começa a jogar a sério, sem (muitas) limitações. Outro problema do jogo e este sim grave, é durante as batalhas em que participam mais que dois Pokémons. Em batalhas normais o jogo corre normalmente, mas caso existam mais Pokémons no combate, seja em batalhas duplas ou em situações em que o inimigo chame ajuda, as frames caiem drasticamente. Não é que isto afecte muito o nosso desempenho, pois é um jogo por turnos, mas mostra a série está a chegar ao expoente máximo na portátil da Nintendo.

pkm-sun-moon-5

Pokémon Sun & Moon altera muita coisa da fórmula original mas respeitando as suas origens. Os únicos defeitos que encontro é o problema de frames em certas batalhas e no quão fácil o jogo é. Estava à espera que os trials me oferecessem grandes desafios. Uma boa história para desfrutar, dezenas de horas a apanhar todos os Pokémons e outros coleccionáveis e outras tantas a combater contra amigos e estranhos, Pokémon Sun & Moon eleva a série ao expoente máximo da 3DS e deixa-me bastante curioso do que poderá ser na Nintendo Switch.

Related posts