O melhor de Mario Kart desta vez na Switch.

Lançado originalmente em 2014 para a Wii U, Mario Kart 8 foi o jogo que me fez adquirir a consola. Perdi dezenas de horas a ganhar troféus nas diferentes categorias, bater tempos nos Time Trials e correr contra amigos tanto localmente com online. 3 anos depois, Mario Kart 8 Deluxe voltou a me encantar desta vez na Nintendo Switch. Já analisámos o jogo anteriormente, por isso na análise da versão deluxe vamo-nos focar nas novidades e melhorias em relação ao original.

Um dos pioneiros no género, Mario Kart surgiu na velhinha SNES como um jogo de Karts com pistas e personagens do universo de Super Mario. Mas as corridas são mais do que acelerar e derrapar, pois podemos utilizar objectos não só para derrubar os adversários como também para derrubar até as mais sólidas amizades de longa data.

Mario Kart 8 Deluxe traz para a Switch tudo de bom que este título tinha na geração passada e ainda o consegue melhorar. A nível de jogabilidade sofreu algumas alterações, e entre alguns tweaks que mal se notam existem duas melhorias que saltam à vista. A primeira é a possibilidade de carregarmos 2 objectos em simultâneo tal como em Double Dash na Gamecube. A segunda é terceiro nível de turbo quando fazemos uma derrapagem longa, mas esta é uma regalia apenas para quem joga sem as assistências, outra das novidades desta versão e que certamente irá ajudar os novatos.

O modo Batalha levou uma alteração drástica, pois na Wii U estava bastante incompleto. Agora existem 5 tipos de batalha e 8 arenas, 5 originais de MK8 e 3 de outros jogos anteriores. O modo batalha é sempre divertido e ótimo para descarregar nos nosso amigos depois das discussões criadas durante as corridas (vocês sabem que é verdade).

Todo o conteúdo presente em Mario Kart 8 está nesta versão Deluxe, isto inclui os personagens, pistas e categoria 200cc dos DLCs, e ainda temos direito a 6 novos personagens (10 se contarmos com as variações de Inkboy e Inkgirl) e um novo objecto para usar nas corridas. Ao todo são 48 pistas e 42 personagens, mais os fatos para o nosso Mii que são desbloqueados através de Amiibos.

Sendo uma nova geração de consolas para a Nintendo, nesta versão Switch o jogo sofreu também algumas alterações a nível de performance. Podem contar com a mesma fluidez da versão original, em 1080p na televisão. Na versão portátil o jogo mantém o 720p o que para um ecrã deste tamanho é óptimo. A partilhar o mesmo dispositivo para jogar com mais jogadores, a frame rate baixa, algo que já acontecia anteriormente, mas nada que vá estragar a experiência de jogo. A maior diferença aqui é mesmo o detalhe. Algumas texturas e detalhes estão mais definidos mas visto que o jogo decorre a alta velocidade, é algo que pouca gente vai reparar.

Mas a melhoria que mais falta fazia era a estabilidade na ligação. Ao jogar Mario Kart 8 na Wii U online, era rara sessão de jogo que não caia ou que não tinha problemas de lag, mas depois de estar algumas horas no online da Deluxe, posso afirmar (até à data) que isso foi “arranjado”, o que melhora em muito a minha experiência de jogo.


Se vale a pena comprar Mario Kart 8 Deluxe? Sem dúvida. Mesmo quem já tem dezenas se não centenas de horas no jogo, vale sempre a pena adquirir uma versão melhorada, mais completa e que pode ir connosco para todo o lado de um dos mais divertidos jogos de corridas de sempre. Desta vez o modo batalha já está composto assim como a experiência Online e não lhe consigo encontrar nenhum defeito.