A força desperta nos blocos de Lego.

Star Wars Episode VII: The Force Awakens foi um dos maiores lançamentos de sempre no cinema, e claro que a Warner Bros. e a TT Fusion não podiam deixar passar a versão Lego deste capítulo da Saga.

lego-star-wars-1

Seguindo a história do filme com o mesmo nome, o jogo segue a jornada de Rey, Finn, Han e companhia para entregar o droide BB-8 à resistência, droide este que contem informação acerca do paradeiro de Luke Skywalker. Kylo Ren e a primeira ordem, entidade “maléfica” que sucedeu ao império após a sua queda, também anda atrás desta informação, para que esta não caia nas mãos da resistência e fiquem assim, com o mais poderoso dos aliados. O jogo inicia com um prólogo onde podemos reviver os acontecimentos finais de O Regresso de Jedi, fazendo assim a ponte entre os dois filmes. A história está muito bem representada ao longo das suas 11 missões, utilizando quase sempre o humor característico da Lego mas sempre se mantendo fiel ao material original. Ao jogar o jogo, quem nunca viu o filme vai perceber o essencial do enredo. Existem ainda algumas missões extra que exploram um pouco mais esta nova trilogia, como uma missão em que Poe Dameron salva o icónico Almirante Ackbar e até mesmo uma missão que explica como é que C-3PO recebeu um braço vermelho.

lego-star-wars-4

A banda sonora original do filme acompanha o jogo assim como as vozes de quase todos os actores originais do elenco principal. Banda sonora essa que é bastante boa, o que era de esperar do lendário John Williams, e claro, ficou bastante bem num jogo que apesar de ser mais acriançado, consegue recriar o sentimento causado pelo filme. A nível visual continua a ser deslumbrante. O contraste dos bonequinhos Lego camuflados em cenários realistas são bastante agradáveis e isto tudo a correr de forma bastante fluída, mesmo quando o ecrã se encontra inundado de minúsculas peças Lego. O jogo está minado de easter eggs visuais espalhados tanto nas cinemáticas como no próprio cenário. O mais minúsculo bloco pode esconder uma graçola relativa à saga.

lego-star-wars-3

O jogo é de acção/aventura com alguns puzzles lá pelo meio. Na maior parte do jogo temos quase 2 ou 3 personagens disponíveis, cada um deles com habilidades diferentes. Por exemplo, a Rey é ágil, conseguindo assim ultrapassar trepar pareces, mas Finn está equipado com um gancho e como é ex-stormtrooper, consegue abrir portas dentro de zonas inimigas. É com esta dinâmica entre os personagens que vamos ultrapassar os mais diversos obstáculos que nos aparecem pela frente. Já o combate continua simples, repetitivo e pouco ou nada desafiante, tirando as secções de tiroteios que requerem mais um pouco do uso do cérebro. Existem também algumas missões em veículos e destaco as secções de naves, pois sejam elas no espaço ou em órbita, são bastante divertidas e com excelentes controlos. Não seria mal pensado um Lego Star Wars só com naves.

lego-star-wars-2

Terminar a história é apenas o primeiro passo nesta jornada. Depois disso é repetir praticamente todos os níveis em busca de segredos e utilizar personagens específicas para abrir caminhos que não podem ser abertos de outra forma. Juntando o elemento co-op a isso, é garantido que vai demorar um bom bocado até o jogo fartar.

Jogando pelo seguro, a TT Fusion ofereceu aqui uma experiência que não foge muito ao modelo dos últimos jogos da Lego, mas que ao mesmo tempo consegue transmitir a grandiosidade que The Force Awakens teve nos ecrãs de cinema. Obrigatório para qualquer fã de Star Wars e de Lego.

Versão testada: Playstation 4