Playlink mostra o que vale.

No que toca a “party games“, a Sony tem feito um trabalho soberbo com o Playlink, a tecnologia que utiliza o Smartphone para controlar este tipo de jogos. Depois de desvendar um crime, provar que sabemos muito sobre os nossos amigos, mostrar que somos sabichões e até mesmo provar que não temos voz de rouxinol, a Sony desafia-nos a utilizar o nosso telefone e provarmos que conseguimos ser bastante matreiros.

Em Frantics somos animais, no sentido de animais a sério, não ofensivo. Com o nosso telefone, tiramos uma selfie e a aplicação escolherá para nós um animal que mais se pareça com a nossa expressão nessa foto (podemos alterar posteriormente). Esse animal será o nosso avatar durante a partida.

Frantics trata-se de um selecção de mini-jogos onde objectivo é “lixar” o adversário. No final de contas, o supervisor destes jogos é uma raposa, por isso a natureza destes jogos é essa mesmo. Temos que ser bastante matreiros se queremos sair vencedores no final. Podemos jogar os mini-jogos um a um, criar a nossa selecção ou confiar na raposa e entrar no Fox’s Party. É esta a melhor forma de desfrutar Frantics.

Neste modo somos atirados para uma série de jogos, onde com cada vitória ganhamos coroas. Essas coroas vão ser o que irá ditar o vencedor, ou pelo menos a criar essa ilusão (em Frantics nunca podemos ter nada como garantido). Os mini-jogos são baseados em desportos ou actividades que existem, como paraquedismo, corrida, ciclismo, mas sempre com um twist pelo meio. Tentando não spoilar muito os mini-jogos, pois acreditem que vai ser bastante divertido descobri-los pela primeira vez, um simples salto de pára-quedas pode envolver muita pancada e bombas à mistura. Podemos ser bons o suficiente para ganhar sem “batota”, mas de facto a forma mais eficaz de o fazer (palavras da própria raposa), é ter a certeza que os adversários não chegam ao final. Pelo meio podemos apanhar moedas que irão servir para licitar objectos em leilões. Esses objectos poderão ser usados para o mini-jogo que está a decorrer ou para o próximo. Por vezes podemos até licitar coroas. O meu primeiro jogo foi ganho desta forma: cheguei ao final em segundo lugar, e por sorte o jogo final era para licitar coroas, e lá consegui ganhar o leilão.

 

Outro ponto bastante engraçado é que por vezes a raposa contacta o jogador em privado, enviando uma mensagem para a aplicação. Essa mensagem contem uma missão secreta. Uma das situações caricatas, foi ele me contactar para viciar resultados, ou seja, se eu deixasse outro jogador à escolha dele ganhar, eu também iria ganhar uma coroa. Como não fiz isso, no final da partida ele fez um comentário acerca de eu ter falhado a missão.

Os telefones ou tablet são os “comandos” do jogo. Na maioria dos casos funcionam bastante bem, mas em jogos onde requer uma maior destreza, por vezes tornam a experiência bastante frustrante. No geral, Frantics é uma excelente adição ao universo “Playlink“, provando que esta tecnologia é uma das grandes apostas da Sony. É certamente um jogo para ter sempre por perto para quando recebermos visita.

 

7.0
Score

Pros

  • Divertido
  • Boa selecção de mini-jogos
  • Humor do anfitrião

Cons

  • Em alguns jogos, os controlos não funcionam a 100%
Bom

Final Verdict

No geral, Frantics é uma excelente adição ao universo "Playlink", provando que esta tecnologia é uma das grandes apostas da Sony. É certamente um jogo para ter sempre por perto para quando recebermos visita.