25 Ago 2018
Switch

Análise – Donkey Kong Country: Tropical Freeze

Desta vez na Nintendo Switch.

Já lá vão 4 anos desde que Donkey Kong Country: Tropical Freeze foi lançado na Wii U. Chega agora a sua remasterização para a Nintendo Switch. Como será que o Gorila da Nintendo se comporta na mais recente consola da companhia?

Se gostaram do jogo na Wii U, certamente vão gostar dele na Switch, pois trata-se do mesmo jogo com algumas melhorias e extras. São nesses pontos que me vou focar nesta análise. Para uma análise mais detalhada, leiam a original.

À primeira vista, o visual é idêntico à sua versão original, mas está melhor optimizado e nota-se algumas melhorias em algumas texturas, principalmente no pelo de Donkey Kong. Quebras de Frame são poucas ou inexistentes, o que conta muito num jogo em que temos de ser precisos em cada acção tomada. Tanto no modo Tablet como na TV, é um jogo que se destaca visualmente pela positiva.

Não é segredo nenhum que os jogos de Donkey Kong são difíceis. Por norma, o primeiro mundo é bastante fácil, depois a partir do segundo a dificuldade sobre drasticamente, e este não é excepção. Não acho que seja um defeito, mas acredito que possa afastar muitas pessoas do jogo. Para evitar isso, a Nintendo implementou Funky Kong como personagem jogável. Não é só pela aparência que Funky Kong é o gorila mais “fixe” do arquipélago, mas também pelas suas habilidades que não nos dão um bilhete grátis para terminar os níveis, mas ajuda na tarefa. Funky Kong tem mais saúde, tem uma prancha de surf que permite amortizar quedas, não levar dano quando cair em cima de picos e saltar por cima de alguns inimigos que Donkey Kong não consegue. Funky também vem equipado com uns óculos de mergulho que lhe permite respirar debaixo de água. Para além disso, nos níveis jogados com ele, os corações aparecem com maior frequência. Apesar de todas estas facilidades que o novo Gorila traz ao jogo, continua a ser difícil, menos implacável, mas difícil.

Donkey Kong Country: Tropical Freeze na Nintendo Switch continua a ser um jogo lindissimo, cheio de cor e uma vibe divertida. Não é de todo o melhor jogo de plataformas de sempre, mas existem níveis e bosses que ficarão na memória. É um jogo bastante difícil, mas Funky Kong vem tirar alguma frustração daqueles que têm dificuldade com o jogo, sem lhes estragar a experiência.

8.0
Score

Muito Bom
8

Final Verdict

Donkey Kong Country: Tropical Freeze na Nintendo Switch continua a ser um jogo lindissimo, cheio de cor e uma vibe divertida. Não é de todo o melhor jogo de plataformas de sempre, mas existem níveis e bosses que ficarão na memória. É um jogo bastante difícil, mas Funky Kong vem tirar alguma frustração daqueles que têm dificuldade com o jogo, sem lhes estragar a experiência. 

Também te pode interessar