31 Ago 2018
Análises

Análise: Steamworld Dig

Jogos de mineiros não são nada de novo. Nos velhos tempos, Manic Miner, Dig Dug e Jet Set Willy tinham um sucesso implacável neste género, e davam-nos horas de vício. Mas não foi até recentemente, quando o género ressurgiu com títulos como Minecraft e Terraria, que voltámos a pegar nas picaretas, cheios de vontade de explorar o interior da terra, à procura de tesouros variados e grandes aventuras.

 [singlepic id=4214 w=610 h=343 float=center]

Steamworld Dig é uma destas novas tentativas, com uma base western, e um tempero steampunk para arredondar. Um robot recebe uma mina da parte do tio falecido, com muitos mistérios e segredos dentro dos seus corredores infindáveis. A jogabilidade é bastante simples, 2D com as típicas acções de andar, saltar e escavar. O personagem é mais manobrável do que a maioria dos mineiros, com wall-jumps, saltos foguete, e muitos outros upgrades disponíveis ao longo do jogo. À medida que se descobrem minérios preciosos e outros tesouros, é possível trocá-los na cidade por upgrades e items, para tornar a exploração e progressão mais fácil.

[singlepic id=4215 w=610 h=343 float=center]

Embora o “overworld” da caverna seja como um jogo de mineiro, as sub-cavernas são completamente diferentes, tomando o design de algo mais parecido com um Megaman, na sua tradição clássica de plataformas 2D, com inimigos, obstáculos e perigos vários. O aspecto é um dos melhores vistos em jogos deste tipo, com sprites que deslizam através do cenário, e um estilo de arte absolutamente delicioso, que junta o novo com o “retro” perfeitamente.

 [singlepic id=4216 w=610 h=343 float=center]

Steamworld Dig é o género de jogo que aparece de surpresa entre outros lançamentos, com uma qualidade brilhante, e com potencial para muito mais. Acaba mais cedo do que devia, embora tenha algumas horas de diversão enquanto dura. O design de cada nível nem sempre é o melhor, mas o desafio nunca se torna demasiado frustrante. Um título a experimentar, e um dos jogos 2D com melhor aspecto dos últimos tempos. Para fans dos géneros de mining, e plataformas.

Também te pode interessar