EX é uma versão optimizada do jogo original e é lançado exclusivamente na eShop para a Nintendo 3DS. Neste shoot-em-up 3d, para quem não conhece, o jogador tem de “salvar o mundo” de um vírus e para isso recorre ao uso de uma nave. Percorrendo os níveis, que são no fundo células infectadas, vamos recolhendo amostras de ADN e destruímos micro-organismos para purificar a célula.

O controlo da nave é feito pelo analógico da consola e usando os botões A,B,X,Y podemos fazer combinações para dispararmos nas direções correspondentes. Se possuem o Circle Pad Pro, podem e devem usá-lo pois toda a experiência de jogo é mais satisfatória.

[singlepic id=2679 w=610 h=366 float=]

No Dpad podemos aceder a um mapa que mostra a localização do ADN e os botões R/L alternam entre 3 ângulos de disparo e disparo especial. Consoante se avança no modo história vamos desbloqueando mais armas especiais.
O jogo possui um art style simples e limpo que vai crescendo visualmente ao longo da campanha para estruturas cada vez mais complexas e apelativas, no entanto não esperem nada de extraordinário em termos de grafismo ou efeitos visuais.

[singlepic id=2680 w=610 h=366 float=]

O jogo pode ser dividido em 3 tipos de jogabilidade: exploração terrestre, voo e batalhas contra Bosses.
No modo exploração alguns dos inimigos surgem a qualquer momento e o objetivo é eliminá-los todos e encontrar o pedaços de ADN. No modo de voo o jogo muda para um shooter estilo starfox  e apenas necessitamos de eliminar os inimigos e chegar ao fim da secção.
Por ultimo temos as batalhas contra vários tipos de Boss que estão bem conseguidas sendo eles bastante diferentes entre si.

[singlepic id=2681 w=610 h=366 float=]

A campanha do jogo não é muito longa e se forem muito agarrados completam-na numa tarde.
Após completar o modo história o jogador ainda tem pela frente os modos ArcadeBoss rush e survivor. No modo Arcade podem escolher um nivel qualquer e fazer o máximo de pontuação até o completarem. No modo Boss Rush tentam completar a batalha contra o Boss o mais rápido possível e finalmente no modo Survivor o jogador tem apenas uma tentativa para completar a missão.
Estes modos apenas se tornam viciantes para os jogadores que gostam de comparar as suas pontuações com outros jogadores de todo o mundo, usando para isso uma tabela de Ranking no próprio jogo.

O efeito 3dNano Assault EX tem uma profundidade acentuada no modo 3D; para comparação posso dizer que o meu Sweetspot na 3DS tem sido sempre nos 75% do slider, mas neste jogo não consegui passar dos 50%. O efeito funciona muito bem e recomenda-se pois dá outra credibilidade aos cenários e também torna-se mais fácil a tarefa de esquivar a certos ataques inimigos.

[singlepic id=2682 w=610 h=366 float=]

Pelo preço que é pedido na eShop o jogo torna-se apetecível, no entanto tem as suas falhas.
Quem já jogou o anterior e mesmo a versão neo da WiiU, não vai aqui encontrar nada de novo.
Para os jogadores menos experientes a curva de aprendizagem é incerta e tanto temos níveis difíceis como logo depois segue-se um nível que parece estar ali mal encaixado por ser muito fácil.

Salienta-se novamente que jogar Nano Assault EX sem o 2º analógico não é a mesma coisa.