25 Ago 2018
3DS

Análise – Butterfly Inchworm Animation II

Algo para “animar” o dia?

Butterfly Inchworm Animation II é uma aplicação para a 3DS, que nos permite criar animações de raiz ou para vídeos que tenhamos gravado. Acaba por ser uma sequela ao Inchworm Animation da Nintendo DSi.

Digo aplicação, porque de jogo, pouco tem. Não há objetivos, não há guias, não há um princípio nem um fim. A finalidade desta aplicação é puramente para criar animações.

Tendo alguma experiência em edição de vídeo e em criação de motion graphics, achei a aplicação caricata, e decidi dar uma oportunidade.

O primeiro impacto não foi agradável. Os menus são extremamente confusos, mesmo depois de se ler o tutorial. O tutorial em si, é constituído por uma série de páginas que apenas se limita a falar no básico de cada opção, sem grandes instruções de como transitar entre as opções e qual a ligação entre elas. A aplicação sugere que o utilizador já tenha conhecimentos básicos de edição de vídeo, nomeadamente trabalhar em layers, ter conhecimento de frame rates e frame blending.

Temos ao nosso dispor várias ferramentas, que se limitam a pincéis diferentes. Podemos alterar várias características de cada um, desde espessuras, cores, comportamentos, fluidez, entre muitos outros, e de certa forma é-nos demonstrado o resultado das nossas animações. O problema acaba por voltar ao mesmo: conseguir fazer as animações. Uma excelente implementação é o Onionskin, para quem quer criar animações de raiz, permitindo ver um pouco da frame anterior, ajudando a manter a coerência da animação

No que toca à composição de animações, o menu das layers peca por ser extremamente pequeno, o que nos faz estar constantemente a navegar para cima e para baixo, pois o limite máximo é cinco layers visíveis no ecrã. A utilização das mesmas é capaz de ser das poucas coisas que a aplicação tem que é user friendly, mas obviamente o utilizador terá de saber trabalhar com layers, em antemão.

Para navegar ao longo das animações, temos os botões L e R para avançar frame a frame, ou podemos ir ao menu das layers, onde encontramos uma timeline para navegar.

Relativamente a audio, podemos adicionar faixas aos nossos clips, ou até mesmo aproveitar algo que tenhamos gravado. Pouco mais que isto.

Concluindo o pouco que se pode falar de Butterfly Inchworm Animation II, é uma aplicação para criação de animações, sejam elas de raiz ou por cima de vídeos gravados. É extremamente limitado nas suas opções, mas pior ainda extremamente confuso. Com a oportunidade de ser uma aplicação em que um publico alvo mais jovem poderia pegar e ter uma pequena introdução a animação 2D, acaba por ser algo feito para quem tem conhecimento na matéria, e não apresentando nada de novo. Pessoalmente se quiserem ser introduzidos a animação 2D com desenho, ficariam melhor servidos com o Flipnote Studio 3D, também para a 3DS, que acaba por ser mais user friendly.

Se realmente quiserem investir o vosso tempo no Butterfly Inchworm Animation II, o youtuber Bob S, tem uma playlist que explica em maior detalhe como funcionar com a aplicação.

Também te pode interessar